A Caixa Econômica Federal anunciou a possibilidade de incluir o Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), e os custos cartorários nos novos contratos de financiamento imobiliário. A ação devem diminuir a barreira de entrada para as novas compras da casa própria.

Mesmo com a medida aumentando o valor do financiamento, ela reduz o valor que o comprador terá que ter em mãos para dar entrada no processo. Isso facilita a compra do imóvel.

Em entrevista ao UOL, o professor do Ibmec-RJ, Gilberto Braga, disse que para fazer um financiamento pelo Caixa o cliente precisava arcar com:

  • Valor de entrada do imóvel, o equivalente a 20% a 30% do valor total da compra
  • Custos com escritura e certidões
  • ITBI

O Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) é um tributo municipal, que é  cobrado do comprador em toda transação de compra e venda de imóvel no país.

Alguns bancos já ofertavam essa possibilidade de incluir custos cartorários e ITBI no financiamento, porém como a Caixa é o banco que controla cerca de 70% do mercado de crédito imobiliário, essa medida só será popularizada a partir de agora no mercado.

O banco do Bradesco oferece há mais de dez anos essa opção de inclusão de custos e ITBI até o limite de 5% do financiamento.

O Banco do Brasil disponibiliza em seu site informações sobre o financiamento do ITBI, e todos os custos de cartório e tarifas de avaliação.

E por fim, o Itaú Unibanco e Santander também já oferecem esta mesma possibilidade aos seus clientes.

A inclusão desses custos não vão ter impacto no valor total do financiamento e a parcela não deve ficar muito alta para os compradores dos imóveis.

Fonte: https://fdr.com.br/2020/07/07/caixa-divulga-novas-regras-para-facilitar-financiamento-de-imoveis/